Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utiliza

Castelo Branco
sábado
21-09-2019
Chuva Fraca
Máx: 21º
|Mín: 13º

CCCCB apresenta “Quase Tudo o Que Sou Capaz”

05 Set, 2019

O CCCCB – Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco – apresenta 35 obras de Ângelo de Sousa.

“Quase Tudo o Que Sou Capaz” é a exposição que está patente neste espaço albicastrense de um influente artista português e um dos mais bem representados no espólio da Coleção de Serralves.

As suas obras, realizadas entre os anos 60 do século XX e o ano 2000, abrangem as diversas expressões artísticas a que se dedicou. É possível ver peças que vão desde o desenho, à pintura, à escultura, à instalação, ao filme e à fotografia.

Esta é a quarta exposição temporária que o CCCCB acolhe, resultante da parceria com a Fundação de Serralves. Uma colaboração que Ana Pinto, presidente da Fundação Serralves, vê com bons olhos e que espera que seja para continuar.

Duranta a sessão inaugural, a responsável enalteceu este espaço museológico, afirmando que “tem cada vez mais presença a nível nacional”.

Ana Pinto, presidente da Fundação Serralves, destacou também a criação de públicos com as várias exposições no Centro de Cultura de Castelo Branco, pois “permite atrair mais pessoas”.

Público esse que tem vindo a crescer, fruto desta parceria entre a Fundação Serralves e a Câmara Municipal de Castelo Branco. Segundo o autarca Luís Correia, cerca de 5.500 pessoas visitaram as anteriores exposições resultantes desta colaboração. Para o presidente da Câmara é um “número considerável para uma cidade como Castelo Branco”.

Luís Correia, presidente da Câmara de Castelo Branco, disse que este é o resultado de um trabalho que tem sido feito e que tem “beneficiado o concelho e a região”.

A cidade albicastrense acolhe, pela quarta vez, uma exposição da Fundação Serralves, nomeadamente, “Ângelo de Sousa: Quase Tudo o Que Sou Capaz”, que vai estar patente até 24 de novembro, no Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco.

Ricardo Pires Coelho |

A NÃO PERDER

Entrevista Ana Garcia Martins.jpg

Música do Dia

Farmácia de Serviço

sábado21-09-2019 Farmácia Grave Rua de Santo António, 69
6000-100 Castelo Branco
Tel: 272344542
Serviço Permanente:
Das 09:00 do dia indicado até às 09:00 do dia seguinte
Farmácia de Reforço:
Só aos Sábados das 08:30 às 12:30 horas