Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utiliza

Castelo Branco
quarta-feira
13-11-2019
Chuva Fraca
Máx: 11º
|Mín: 5º

Na Casa do Arco do Bispo pode “Ver Com Outros Olhos”

30 Out, 2019

A Junta de Freguesia de Castelo Branco está empenhada em apelar à inclusão e, nesse sentido, trouxe à cidade a exposição “Ver Com Outros Olhos”.

A mostra fotográfica, patente na Casa do Arco do Bispo, é um projeto do MEF – Movimento de Expressão Fotográfica -, uma associação com 19 anos, que desde a sua criação “tem feito projetos de inclusão pela arte”, e que neste caso desenvolveu um trabalho com pessoas cegas ou de baixa visão.

“Ver Com Outros Olhos” tem a coordenação e produção de Tânia Araújo que explica a ideia desta mostra, feita por “um grupo de pessoas com maior dificuldade no acesso às imagens”.

Tânia Araújo, coordenadora e produtora da exposição fotográfica “Ver Com Outros Olhos”, patente na Casa do Arco do Bispo. Castelo Branco é a terceira cidade que recebe esta mostra, como explicou o diretor artístico, Luís Rocha.

Para o responsável, o projeto está “em perfeita transformação e complemento”, uma vez que é uma exposição aberta às opiniões do público, de modo a melhorar constantemente.

Em menos de um mês, “Ver Com Outros Olhos” é a segunda exposição organizada pela Junta de Freguesia de Castelo Branco, que chega à Casa do Arco do Bispo, com o intuito de sensibilizar para a inclusão.

Para Leopoldo Rodrigues, presidente da autarquia, estes projetos pretendem dar atenção aos que têm algumas dificuldades e que conseguem apresentar trabalhos em diferentes áreas.

A exposição “Ver Com Outros Olhos” está patente até ao dia 17 de novembro, na Casa do Arco do Bispo. A mostra pode ser vista de segunda a sexta-feira, entre as 10h e as 12h30, e aos sábados das 10h às 13h.

Patrícia Pinto |