Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utiliza

Castelo Branco
sábado
15-12-2018
Chuva Fraca
Máx: 14º
|Mín: 5º

“Inovação, Qualificação e Internacionalização, não escolhe setores nem atividade”

08 Out, 2018

O Secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza, esteve em Castelo Branco, no encerramento do Congresso Internacional +Agro 2018, que debateu questões ligadas à Gestão Organizacional, Eficiência Energética e Saúde e Segurança no Trabalho na Indústria Agroalimentar.

Na ocasião, Nelson de Souza revelou que tem sido sempre visão deste Governo que “inovação, qualificação, internacionalização, tudo fatores distintivos de uma competitividade moderna, não escolhe setores nem escolhe atividade”.

Nesse sentido, o governante considerou que “é por isso que setores como o agroalimentar, têm crescido de forma drástica, através da inovação e internacionalização, e vindo-se a afirmar em territórios como Castelo Branco”.

O Secretário de Estado disse ainda que é objetivo, desde a implementação dos clusters em Portugal, há cerca de 10 anos, fazer com que “1+1 seja igual a 3”.

Nelson de Souza, Secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, falava em Castelo Branco, na sessão de encerramento do Congresso +Agro 2018.

Um setor, que o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, afirma que “tem sido uma aposta”, onde Município tem criado “um conjunto de infraestruturas fortes” e “procurado os apoios comunitários necessários”.

No entanto, o autarca albicastrense aproveitou a presença do governante para apresentar algumas das dificuldades sentidas, mesmo apesar do setor possuir, muitas das vezes, os apoios financeiros necessários.

Luís Correia abordou ainda questão da perda de população no interior do país e afirmou que temos um “problema de centralismo”, que para dar volta a estas questões são necessárias “medidas de discriminação positiva”.

Luís Correia, presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, que falava na sessão de encerramento do Congresso +Agro 2018, disse ainda que não queria ficar apenas pelas dificuldades, mas realçar “os sucessos” que o setor agroalimentar tem tido no concelho, nomeadamente “um desenvolvimento notável de competências nos empresários”.

O Congresso Internacional, que decorreu na cidade de Castelo Branco, no Centro de Empresas Inovadoras, reuniu um consórcio composto por várias entidades e resultou do Projeto +Agro.

Pedro Dinis, da Universidade da Beira Interior, responsável pelo projeto +Agro, afirmou que, o facto de o projeto ser constituído por um consórcio de seis instituições de ensino superior, “demonstra também a coesão, a multidisciplinaridade e a complementaridade” que foi conseguida entre os investigadores das diferentes instituições para “levar este projeto a um bom porto”.

Terminado o congresso, o responsável revelou ainda que “todos os indicadores foram ultrapassados”, o que permite avançar já para outros projetos e candidaturas.

Patrícia Pinto |
Pub - Churrasqueira da Quinta 10 dezembro.jpg
Pub - Natal Branco 2018.jpg
Entrevista Teresa Salgueiro.jpg

Fototeca

Pub Natal.jpg

Música do Dia

Farmácia de Serviço

sábado15-12-2018 Farmácia Reis Rua Dr. João M. Grave, lt 156-r/c
6000-241 Castelo Branco
Tel: 272325991
Serviço Permanente:
Das 09:00 do dia indicado até às 09:00 do dia seguinte
Farmácia de Reforço:
Só aos Sábados das 08:30 às 12:30 horas

Videoteca