Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utiliza

Castelo Branco
sábado
20-01-2018
Céu Pouco Nublado
Máx: 16º
|Mín: 2º

O agroalimentar tem “potencialidades na região”

11 Jan, 2018

A aposta no agroalimentar é “importante” e por isso é “fundamental” para a autarquia de Castelo Branco.

A consideração é do Presidente da Câmara albicastrense, Luís Correia, durante a abertura da Conferência Inov2agro – Inovação e Tendências Agroalimentares 2018, que decorreu no CEi – Centro de Empresas Inovadores em Castelo Branco, esta 4ªfeira, 10 de janeiro.

Luís Correia referiu que o agroalimentar tem “potencialidades na região” e, nesse sentido, a autarquia tem incrementado e incentivado ao seu desenvolvimento em Castelo Branco, mas para isso era preciso construir infraestruturas para os empresários do setor.

O Presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, afirmou que “têm a noção de que é preciso procurar novos mercados”.

Para isso têm apostado na internacionalização e no reforço no marketing, com o apoio do InovCluster.

Um conjunto de fatores que levam Castelo Branco a ter um “ecossistema no agroalimentar”, realçou ainda o autarca albicastrense, durante a Conferência Inov2agro – Inovação e Tendências Agroalimentares 2018.

Ricardo Pires Coelho |