Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utiliza

Castelo Branco
terça-feira
12-12-2017
Céu Limpo
Máx: 12º
|Mín: 0º

Centro Cultural e Recreativo de Salgueiro do Campo tem nova sede

06 Dez, 2017

O Centro Cultural e Recreativo de Salgueiro do Campo, no concelho de Castelo Branco, ganhou uma nova sede.

A sessão de inauguração da infraestrutura foi presidida por Luís Correia, Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, e contou com a presença do Presidente da Junta de Freguesia do Salgueiro do Campo, Hugo Dias e do Presidente da direção do Centro Cultural, Marco Dias.

Em comunicado de imprensa enviado à nossa redação, a autarquia albicastrense revela que “o apoio ao desenvolvimento das freguesias do concelho tem sido um dos focos dos mandatos de Luís Correia, mas presentemente foi o Centro Cultural e Recreativo de Salgueiro do Campo que recebeu a atenção por parte do Município, que apoiou a construção desta nova sede”.

No decorrer da inauguração do espaço, o presidente da Câmara de Castelo Branco afirmou que “não é apenas o Salgueiro do Campo que ganha, é também Castelo Branco que fica mais enriquecido”. Para o autarca Luís Correia, “este tipo de investimentos tem especial importância, porque contribuem para o contínuo melhoramento da qualidade de vida da população local”.

Recorde-se que o Centro Cultural e Recreativo de Salgueiro do Campo encontra-se em atividade desde 1978, e tem como principal objetivo a promoção de atividades socioculturais em prol do bem-estar da população local. Um objetivo, que para Marco Dias, presidente de direção do Centro, o apoio da autarquia no desenvolvimento desta nova sede foi fundamental, para que seja cumprido.

Segundo o responsável, estas novas instalações vão permitir o desenvolvimento de várias novas atividades ao nível sociocultural, nomeadamente a criação de aulas de judo, de ginástica acrobática, o desenvolvimento de aulas para que se adquiram competências para a produção do bordado de Castelo Branco e a criação de sessões de teatro.