Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utiliza

Castelo Branco
quinta-feira
23-01-2020
Céu Muito Nublado
Máx: 5º
|Mín: 1º

Vila Velha de Ródão conjuga Festival das Sopas de Peixe com Campeonato de F2 de Motonáutica

31 Jul, 2019

Vila Velha de Ródão vai receber no fim de semana de 7 e 8 de setembro o tradicional Festival das Sopas de Peixe, que este ano surge acompanhado do Circuito Internacional de Fórmula 2 de Motonáutica.

Serão dois dias onde o Rio Tejo vai estar em destaque, não só pelo peixe do rio nas sopas e outra gastronomia, mas também porque vai ser a pista da quarta prova do mundial de motonáutica.

Dois eventos que além de atraírem milhares de visitantes, pretendem “promover o território”, tal como revelou o presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira, esta terça-feira, 30 de julho, no decorrer da conferência de imprensa que serviu de apresentação.

De acordo com o autarca, o 7 e 8 de setembro vai ser “um grande fim de semana, de projeção de Vila Velha de Ródão”, que conjuga a motonáutica com o Festival das Sopas de Peixe.

Luís Pereira, presidente do Município de Vila Velha de Ródão, sobre o evento que a autarquia leva a efeito nos dias 7 e 8 de setembro, e que conjuga dois grandes atrativos: o Festival das Sopas de Peixe e o Grande Prémio F2 de Motonáutica.

Nesta que é a 7ª edição do Festival, a organização vai continuar a dar destaque ao peixe do rio, às sopas com ele confecionado e a outras iguarias locais e regionais. Além disso, a nível cultural, é a fadista Gisela João que vai animar a noite de sábado (7 de setembro).

No dia a seguir, no domingo (8 de setembro), o Rio Tejo assume-se como a pista “perfeita” para acolher a competição de motonáutica, uma prova internacional onde vão marcar presença pilotos portugueses, de vários pontos do mundo e o campeão europeu da modalidade.

Segundo Paulo Ferreira, presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica, Vila Velha de Ródão é “um local único”, que reúne todas as condições que nenhum outro local tem. O responsável avançou, no decorrer da apresentação do evento, que são cerca de 17 barcos a fazer largada, numa “pista” que tem 1500m ao longo do rio, na zona do Cais e Portas de Ródão, com uma reta onde os participantes podem atingir os 180 km/h.

Paulo Ferreira, presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica, sobre a quarta prova do Circuito Internacional de Fórmula 2 de Motonáutica. O dirigente sublinhou ainda que os participantes vão permanecer em Portugal, uma vez que na semana seguinte realiza-se no Rio Douro, em Baião, uma prova do Campeonato do Mundo em F2.

Em Vila Velha de Ródão, o Grande Prémio tem início no sábado, às 15h30, com treinos oficiais e de qualificação, seguindo-se às 18h, as provas de eliminação. Já no domingo, as provas começam às 10h. O evento é de acesso livre.

Patrícia Pinto |

PASSATEMPO

A NÃO PERDER!

Entrevista Gêmeas ao Fado.jpg

ENTREVISTA

  • Música do Dia

    Farmácia de Serviço

    quinta-feira23-01-2020 Farmácia Progresso Rua Presidente Sidónio Pais, 9 e 11
    6000-263 Castelo Branco
    Tel: 272341003
    Serviço Permanente:
    Das 09:00 do dia indicado até às 09:00 do dia seguinte
    Farmácia de Reforço:
    Só aos Sábados das 08:30 às 12:30 horas