Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utiliza

Castelo Branco
quarta-feira
19-06-2019
Chuva Fraca
Máx: 25º
|Mín: 15º

Meio Milhão de Euros nas obras da ETAR de Proença-a-Nova

11 Jan, 2019

A ETAR – Estação de Tratamento de Águas Residuais de Proença-a-Nova sofreu obras de remodelação e ampliação num investimento de 514 mil euros.

Com estas intervenções, a infraestrutura passa agora a tratar o equivalente populacional de 4650 habitantes, tendo aumentado a sua capacidade para o dobro, tal como avançou esta quinta-feira, 10 de janeiro, na cerimónia de inauguração, José Sardinha, presidente do Conselho de Administração da Águas do Vale do Tejo.

De acordo com o responsável, esta “obra é um investimento na requalificação do meio ambiente” e já aposta no tratamento terciário.

José Sardinha, presidente do Conselho de Administração da Águas do Vale do Tejo, afirmou ainda que “a água está a ser devolvida ao meio ambiente para alavancar desenvolvimento, alavancar novas atividades económicas e permitir o desenvolvimento deste Município”.

O local da descarga do efluente da ETAR de Proença-a-Nova encontra-se no exterior da infraestrutura, em forma de cascata, e bastante visível. A água da descarga é feita na Ribeira da Freixeda, afluente da Albufeira de Pracana, no Rio Ocreza.

As questões ambientais, nomeadamente a preocupação com a água devolvida ao meio ambiente, foram tidas em conta pelos vários intervenientes no decorrer da cerimónia de inauguração das obras da ETAR. Na ocasião, e aproveitando a presença do Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, o presidente da Câmara de Proença-a-Nova, João Lobo, deixou um desafio ao governante.

Já em resposta ao desafio do autarca de Proença-a-Nova, o Secretário do Estado do Ambiente avançou que no dia 22 de março, Dia da Água, vai ser apresentada “a estratégia nacional para a reutilização das águas residuais tratadas, para um novo diploma legal sobre as águas residuais tratadas nas ETAR’s, para que as autoridades de saúde e municípios não tenham nenhum peso em poder utilizá-las naquilo que são usos públicos compatíveis”.

Além disso, o Secretário do Estado do Ambiente avançou ainda que o Governo vai mobilizar, no próximo quadro, “90 milhões de euros para dotar os municípios de ferramentas financeiras para criarem redes, para os espaços de regas, lavagem de ruas, regas de parques desportivos”.

Em Proença-a-Nova, na inauguração das intervenções na ETAR, Carlos Martins mostrou-se muito agradado com este investimento, onde depositou as melhores expetativas.

Carlos Martins, Secretário de Estado do Ambiente, falava no decorrer da cerimónia de inauguração das obras de remodelação e ampliação da ETAR de Proença-a-Nova.

Na ocasião, o governante afirmou que “neste momento e nesta legislatura já foram aprovadas mais de 30 novas ETAR’s em Portugal” e há “obras em curso, no ciclo da água de 1,2 milhões de euros”.

Patrícia Pinto |
Pub - V Encontro Percussao Tradicional.png

Música do Dia

Farmácia de Serviço

quarta-feira19-06-2019 Farmácia Nuno Álvares Av. 1º de Maio, 83
6000-086 Castelo Branco
Tel: 272341445
Serviço Permanente:
Das 09:00 do dia indicado até às 09:00 do dia seguinte
Farmácia de Reforço:
Só aos Sábados das 08:30 às 12:30 horas