Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utiliza

Castelo Branco
terça-feira
25-09-2018
Céu Limpo
Máx: 33º
|Mín: 19º

Acidentes na A23 tem aumentado desde a colocação das portagens

12 Mar, 2018

O número de acidentes nas Autoestradas 23 e 25 tem vindo a aumentar desde a colocação das portagens.

A conclusão é de um estudo realizado por uma equipa coordenada por João Pereira dos Santos, investigador na Faculdade de Economia, da Universidade Nova de Lisboa.

Das várias conclusões, o estudo revela que a colocação das portagens na A23 e na A25 está a contribuir para um aumento da sinistralidade nas estradas da região, apontando para um aumento global na ordem dos 4% entre 2011 e 2017.

João Pereira dos Santos, investigador na Faculdade de Economia, sobre o trabalho que foi apresentado no Fórum alargado sobre a temática, que decorreu na Covilhã, e que foi promovido pela plataforma que defende a abolição das portagens naquelas duas vias.

Além do aumento do número de acidentes, também o número de vítimas cresceu globalmente, cerca de 3% no mesmo período, tal como revelou João Pereira dos Santos.

O mesmo investigador coordenou ainda um outro trabalho, relacionado com os impactos económicos que esta medida causou à região.

João Pereira dos Santos destaca que o número de empresas que encerraram e de postos de trabalho perdidos, que foi superior à média nacional.

João Pereira dos Santos, investigador na Faculdade de Economia, da Universidade Nova de Lisboa.

Outro dos trabalhos apresentados neste Fórum diz respeito ao impacto ambiental causado pela construção da A23 e da A25. É um estudo que foi realizado por Paulo Carmo, dirigente da Associação Ambientalista “Quercus”, que alerta para o facto de já ter sido apresentada uma queixa ao tribunal Europeu, pelo facto de a concessionária da A25 não estar a cumprir a legislação no que respeita aos estudos de ruído.

Paulo Carmo, dirigente da Associação Ambientalista “Quercus”, sobre as conclusões que, de acordo com os responsáveis da plataforma, vem dar mais força à reivindicação de abolir a cobrança de portagens na Autoestrada da Beira Interior - A23 e na A25.

Rádio Castelo Branco com Rádio Cova da Beira |
Pub - Churrasqueira Quinta.png

Música do Dia

Farmácia de Serviço

terça-feira25-09-2018 Farmácia Ferrer Praça Rei D. José, 15
6000-118 Castelo Branco
Tel: 272322253
Serviço Permanente:
Das 09:00 do dia indicado até às 09:00 do dia seguinte
Farmácia de Reforço:
Só aos Sábados das 08:30 às 12:30 horas

Videoteca